highlighted:

Publicado em 3 de maio de 2020

 

Percurso Sentimental de João do Rio

O documentário apresenta, inicialmente, algumas considerações sobre o conceito de cidade, que vem sendo “palco de inovações, de paixão, de violência, de fascinação e de medo”, sobretudo a partir do século XIX. Nesse sentido, o espaço urbano passa a ser reinventado através do discurso ficcional. Em tal cenário, a cidade do Rio de Janeiro é trazida à tona, como um lugar abundantemente retratado nas mais diversas formas de arte e literatura, tornando-se cartão postal e porta de entrada para o Brasil.

Em seguida, o vídeo aborda alguns aspectos da vida e obra do jornalista, cronista, contista e teatrólogo João Paulo Emílio Cristóvão dos Santos Barreto, o João do Rio, personagem importante na história da cidade do Rio de Janeiro, tendo contribuído de forma significativa para uma leitura diferenciada da modernidade carioca, elaborando uma crítica à tendência de imitação dos costumes europeus, em voga nos anos 1900 (A Belle Époque).

Texto: Prof.ª Dra Luciana Marino do Nascimento

Edição: Adriana Alves de Lima - Acadêmica do Curso de Letras Português da UFAC

Rio Branco - Acre (2011)


Cronistas do Rio

Primeiro Programa Luis Edmundo - MultiRio, com a participação da Profa. Dra. Luciana Nascimento


Redes e anzóis: memória e identidade cultural dos pescadores de Januária (Documentário)


Mal de Luna (Documentário)


 

content:

comments:
Logo do CNPQ

O projeto Cartografias Urbanas: centros, margens e avessos é financiado pelo Edital Universal 2018 e Bolsa de Produtividade em Pesquisa.

Endereço


Av. Horácio Macedo, 2151 Sala D66 - Cidade Universitária da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, 21941-917